Coliving é aluguel com Senso de Comunidade: conheça!

senso de comunidade

A cada dia que se passa, novos olhares se voltam à necessidade de tornar os ambientes mais colaborativos e menos competitivos. Dessa forma, entender o conceito de senso de comunidade é algo primordial!

Inclusive, falar sobre o assunto nas escolas tem se mostrado absolutamente importante. Afinal, é desde cedo que essa noção deve ser transmitida às crianças para que na idade adulta a atitude seja natural.

Então, se você quer descobrir mais a respeito desse tema e compreender um pouco da sua relevância em diversos contextos, acompanhe este conteúdo até o final.

O que é Senso de Comunidade?

Resumidamente, o senso de comunidade pode ser definido como a noção que os seres humanos possuem de que vivem em sociedade e, justamente por isso, precisam colaborar uns com os outros.

Quanto maior é essa clareza, mais fácil é nosso entendimento sobre a ideia de que somos pessoas diferentes, em situações diversas, com características e preferências distintas e que todos devem se ajudar mutuamente.

A partir daí, a capacidade de se colocar no lugar do outro é desenvolvida, se tornando um comportamento cada vez mais orgânico.

Quais são os 4 pilares do Senso de Comunidade?

Também é preciso ter em mente que o senso de comunidade é formado por quatro elementos principais: pertencimento, conexão emocional, influência e integração.

Na sequência, você confere detalhes sobre cada um deles:

1. Pertencimento 

O senso de pertencimento é facilmente percebido, por exemplo, quando nos sentimos parte de determinado grupo de pessoas

Quando esta sensação é despertada, a capacidade de entender o outro e as suas necessidades é ampliada. 

2. Conexão emocional

No caso da conexão emocional, ela surge quando vivenciamos, de forma coletiva, situações que permitem compartilhar emoções. 

Ou seja, quando um sentimento — alegria ou tristeza, por exemplo — é experimentado por várias pessoas ao mesmo tempo e advém de um mesmo motivo, elas se sentem mais unidas.

3. Influência 

A influência pode ser identificada no senso de comunidade através da capacidade de ter diálogos com o outro, entendendo que os diferentes pontos de vista devem ser considerados, sendo a troca de experiências e ideias enriquecedoras.

4. Integração

O último pilar que sustenta o senso de comunidade é a integração, o qual possibilita a união entre todas as pessoas de um mesmo grupo tendo como base as necessidades de cada uma.

Em outras palavras, na busca por sanar uma demanda individual, todos se integram e, automaticamente, se fortalecem para atender às diversas particularidades de maneira conjunta.

Qual a relação entre Coliving e Senso de Comunidade?

Se você nunca ouviu falar, o coliving é um tipo de residência compartilhada que, consequentemente, favorece a coletividade. Além disso, esse formato de moradia ainda se destaca, principalmente, por:

  • Formar uma comunidade que vive em harmonia sem que cada um perca sua individualidade;
  • Aproximar os moradores do espaço e gerar trocas valiosas de experiências;
  • Proporcionar estrutura pensada justamente na colaboração;
  • Poupar recursos naturais;
  • Gerar economia aos moradores;
  • Oferecer oportunidades de tomada de decisão compartilhada. 

A partir dessas possibilidades, onde todos fazem parte do mesmo grupo, o senso de comunidade é beneficiado.

 

Leia também:

Moradia compartilhada: quais os tipos e vantagens? 

O que é coliving e quais suas vantagens? 

Será que morar em um Coliving é para você?

Uma das maiores características do coliving — além de contribuir com o desenvolvimento da noção colaborativa — é que o espaço possui uma dinâmica bastante moderna e inovadora.

Normalmente, os moradores são pessoas dispostas a experimentar novos estilos de moradia e que desejam viver mais perto de onde trabalham, com fácil acesso aos maiores centros urbanos, de forma econômica e confortável.

O grande diferencial desse público é que ele costuma ser dotado de uma forte conscientização quanto às questões sociais e ambientais, ao comportamento humano e, é claro, à necessidade de estimular o senso de comunidade.

De tal forma, morar em um coliving é ideal para quem procura valorizar uma vida em conjunto, com maior integração, responsabilidade compartilhada e troca de vivências. 

Porém, tudo isso sem abrir mão da individualidade e dos momentos de privacidade.

E aí, se interessou? Quer saber mais sobre esse estilo de moradia? Então conheça todas as vantagens que o Valpi Coliving tem a oferecer!

 

compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

SELEÇÃO DE MORADORES

FORMULÁRIO DE INTERESSE

VALPI COLIVING

VALPI COWORKING

SHORT STAY

Olá! Seja bem-vindo ao processo de seleção do Valpi Coliving! Esse breve questionário foi elaborado para conhecermos melhor quem está interessado em morar conosco! Preencha e aguarde o contato da nossa equipe! ;)

Olá! Seja bem-vindo ao Valpi Coworking! Esse questionário foi elaborado para conhecermos melhor quem está interessado em utilizar os nossos serviços! Preencha e aguarde o contato da nossa equipe! 😉

Olá! Seja bem-vindo ao Valpi. Esse breve questionário foi elaborado para conhecermos melhor quem está interessado em passar uma temporada conosco! Preencha e aguarde o contato da nossa equipe! ;)